"Eu respirava naquelas salas, como um incenso, esse cheiro de velha biblioteca que vale todos os perfumes do mundo." Antoine de Saint-Exupéry

sexta-feira, 7 de novembro de 2008

UMA VERDADE

Esta afirmação de Antoine de Saint-Exupéry: “O que buscamos vai morrendo conosco”. Diz tudo dos nossos sonhos irrealizados, que são a um só tempo o peso que nos sustenta no mundo e a leveza que nos ergue do chão...

3 comentários:

Renata Belmonte disse...

Mayrant,
Que coisa linda!
Parabéns pelo blog.
Abraços,
Renata

Georgio Rios disse...

É assim, mue caro os sonhos são como as núvens.Se movem , remoldam-se e acabam sumindo no horizonte.

E, por vezes so nos resta observa-las...

Anônimo disse...

Sonhos: morrem conosco na medida que vivemos. Pó e palavras. Aquele abraço. T