"Eu respirava naquelas salas, como um incenso, esse cheiro de velha biblioteca que vale todos os perfumes do mundo." Antoine de Saint-Exupéry

sábado, 3 de dezembro de 2011

SOB O SOL

"Uma jovem de corpo bem feito é muito parecida com outra qualquer. Duas pernas bronzeadas, dois braços bronzeados, uma roupa de banho ― apenas um corpo exposto ao sol. Quando uma mulher fala, ri, vira a cabeça, mexe a mão ― aí sim, aí tem personalidade ― individualidade. Mas no rito do sol ― não."
Trecho de Morte na praia, de Agatha Christie, cujo título em inglês soa como uma poética sentença: Evil under the sun. O mal sob o sol.
Um ótimo texto para celebrar o Verão, que se aproxima. Na foto: a jovem Brigitte Bardot.

5 comentários:

Anônimo disse...

Mayrant, meu amigo, um belíssimo fragmento. Quem diria que Agatha não é tão "triste" assim. Aquele abraço.

Ricardo Thadeu disse...

sob o sol, um post sobre o sol
presságio de dias melhores

abç

Gustavo Rios disse...

Eu comia a Brigitte numa boa. E não cobrava nada.

Lidi disse...

Comecei mal com Agatha, mas, pelo jeito, terei que dar a ela (ou a mim) outra chance. Vou procurar "Morte na praia". Abraços.

Felicidade Clandestina disse...

Hahahahaah... adorei o comentário do Gustavo Rios, rs.


Belo fragmento & imagem.
Abraços